Índice » Histórico » ATUALIDADES

Atualidades

O soroban nos dias de hoje

Atualmente o estudo do soroban não está mais limitado à comunidade de descendentes de imigrantes japoneses. Nas escolas é crescente o interesse de não-descendentes pelo soroban, chegando mesmo a suplantar a demanda dos nikkeys (descendentes).

Embora a presença da calculadora eletrônica faça-se notar em tantos lugares hoje em dia (calculadoras de mesa, de bolso, em agendas eletrônicas, em relógios etc.), cada vez mais pessoas têm percebido que o exercício do pensar está sendo relegado a segundo plano, sempre em favor da comodidade de apertar alguns botões e ter a resposta pronta, "de bandeja". De fato, por mais que o ábaco tenha surgido em uma época sem caixas registradoras e controle computadorizado de estoque, seu valor como instrumento de exercício mental, de treino de atenção e concentração, entre outros, não entra em choque nem muito menos é ofuscado por máquinas que realizam milhões de cálculos por segundo.

O início do uso do soroban por pessoas cegas ou com baixa visão (visão sub-normal), nos anos 40 e 50, veio melhorar o trabalho matemático antes feito no cubaritmo, que consiste em uma grade onde são colocados cubos (daí o nome) com os números em braille – as contas são montadas como em tinta. Ainda que já haja à venda calculadoras falantes, a prática de cálculos com o soroban supre a falta de instrumentos à mão, pois permite, com o tempo, que o praticante desenvolva habilidades de cálculo mental, ou seja, começa-se a efetuar os cálculos sem o apoio físico do instrumento.

Em asilos e casas de repouso o soroban pode ser bastante útil, uma vez que exercita as faculdades mentais, mantendo ativo o cérebro. Assim como ler, debater e estudar, shuzan também contribui para manter o cérebro sempre em forma, seja qual for a idade.

 


[Índice] Histórico | Funcionamento | Graduação | Adaptado | P & R | Eventos | Bibliografia | Páginas (Info arroba Soroban.org)

 

Copyright © 1999-2010 Soroban.org
Permissão é necessária para reprodução dos conteúdos deste sítio.